domingo, 12 de outubro de 2014

COLUNA DO CABEÇA: O ônibus como uma das possíveis soluções da mobilidade urbana

Bom dia e bom domingo a todos!!

Hoje, trataremos sobre algo que mexe demasiadamente com o nosso cotidiano, que é a nossa mobilidade. É notável por todos que no Brasil, está ficando cada vez mais impraticável o nosso direito de ir e vir, e esse não é um privilégio exclusivo das cidades grandes como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte entre outras. 

Atualmente, é fácil notar que não apenas Aracaju, mas nas cidades circunvizinhas (Socorro, Barra dos Coqueiros, São Cristóvão) nas rotas de entrada e saída da capital, o fluxo de veículos se tornou brutalmente intenso, acabando com a imagem que o cidadão tinha de uma cidade pacata, fácil de se deslocar.. enfim, não dá mais pra dizer "vou ali rapidinho no centro, e volto já" por exemplo.

Isso se deve a vários fatores, entre os quais a melhoria econômica da tão visada classe média (ou classe C), e de olho nesta fatia de consumidores, as montadoras de carros tem oferecido demasiadas facilidades aos consumidores, e em média hoje, são emplacados pelo Detran do estado de Sergipe, cerca de 900 a 1000 carros por mês, e o resultado muitas vezes é esse na imagem ao lado. (IMAGEM: Avenida Pedro Paes Azevedo x Avenida Francisco Porto)

O que acontece hoje aqui na prática é o seguinte.. o carro para a maioria das pessoas que o possuem, ele é solução pra tudo. E isso é fácil de perceber em horário de pico na cidade, inclusive um efeito prático disso é o fechamento de vários retornos na cidade na tentativa de uma melhor fluidez no trânsito. Porém, tudo que vai, volta e essa fase de todo mundo usando seu carro para ir na padaria da esquina certamente irá cessar, porque economicamente para o cidadão, se tornará inviável. O raciocínio é simples.. carro ligado, gasta gasolina... e engarrafamento gasta mais ainda.

É ai que em entra em campo, o ônibus como solução do problema. O transporte público de massa, tem a capacidade de transportar hoje até 120 pessoas, especialmente com os veículos sanfonados (observando que aqui, existem os articulados da Atalaia Transportes), e matematicamente, isso daria ao menos uns 60 carros nas ruas... Hoje, já é possível dizer que temos um transporte bem melhor que outrora e isso tem chamado a atenção dos usuários. Porém, o ônibus ainda precisa de algo que já existe nas grandes cidades, e em várias médias, que é a prioridade na circulação nas principais vias. Este será um grande atrativo que estimulará o cidadão a deixar seu carro em casa (ao menos em horário de trabalho ou estudo), mas não é apenas isso que resolverá toda a problemática.

A prefeitura de Aracaju tem pronto um grande projeto de mobilidade urbana, desenvolvido pelo escritório de Jaime Lerner, que envolve a criação de vários corredores exclusivos (vide imagens ao lado) para ônibus, novos terminais de integração e reforma dos já existentes (que publicamos em nossa fan page no facebook), semáforos inteligentes que dão mais agilidade pro transporte de massa, além da implantanção do modelo de ônibus BRT, com capacidade para transportar confortavelmente algo entorno de 160 pessoas. Esse modelo de ônibus traz consigo não apenas inovações tecnológicas, mas muito conforto. . Anseio muito por ver esses projetos sendo executados, e quem sabe daqui há um tempo, ver a cidade "encurtar distâncias", e incutir na mente das pessoas que a prioridade antes de tudo é o coletivo, e não o individual.

Por hoje, encerramos nossos trabalhos aqui na coluna. Achou legal o tema abordado? Quer sugerir algum tema?? Deixe suas mensagens aqui nos comentários, ou acesse o link "FALE CONOSCO" e mande seu recado para a equipe do BUS. Um abraço, e fiquem com Deus. Até a próxima.


Urban Matos
Editor e Revisor da coluna.

Nenhum comentário:

Postar um comentário