quarta-feira, 19 de novembro de 2014

SEDURB ESCLARECE SITUAÇÃO DA VIAÇÃO SÃO PEDRO


O secretário de Desenvolvimento Urbano, Carlos Melo explicou que a empresa vem gerando transtornos aos usuários e que o Ministério Público entrou com ação judicial contra a empresa São Pedro

Em face aos problemas ocasionados no transporte intermunicipal de passageiros nos últimos dias e de algumas notícias inverídicas divulgadas em veículos de imprensa a respeito da empresa São Pedro, o Secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano, Carlos Fernandes de Melo Neto, esclareceu a situação da prestadora de serviço junto à Sedurb.

“Durante os últimos dois anos, a empresa São Pedro vem apresentando diversos transtornos para os usuários do transporte municipal, a exemplo de omissão de viagens, má conservação dos veículos, além da não vistoria regular. Por conta de diversas reclamações dos usuários à Diretoria de Transportes (Ditrasnp), a Sedurb enviou notificações à empresa para que seus representantes comparecessem à secretaria a fim de discutir a situação de todos esses problemas, porém, a empresa nunca respondeu a nenhuma das notificações enviadas, tampouco se manifestou”, revelou Carlos Melo.

O secretário destacou os últimos acontecimentos que levaram a Sedurb a tomar medidas efetivas. “Na segunda-feira, 10, usuários do transporte intermunicipal de passageiros do município de Itaporanga D’ajuda bloquearam a BR 101 durante mais de quatro horas em protesto às condições de serviço prestadas pela São Pedro, entre eles, atraso e omissão de viagens e o estado em que a maioria dos veículos se encontra”, declarou.

Ele acrescentou outros fatores que se somaram aos problemas enunciados. “O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Sergipe (Sinttra), procurou a Sedurb para reclamar dos transtornos que a empresa vinha causando ao sistema, incluindo o atraso no pagamento dos funcionários em mais de dois meses, o que ocasionou a paralisação da classe”, ressaltou.

O secretário disse que diante da situação da empresa exposta para toda a sociedade, a justiça interviu. “O Ministério Público Estadual entrou com uma ação judicial determinando que nenhum veículo que realize o transporte de passageiros circule sem as vistorias obrigatórias. Para tanto, foi realizado convênios com a Polícia Rodoviária Federal (PRV) para juntamente com a Ditransp fiscalizar os veículos que não se enquadrarem nessas normas e assim garantir a segurança dos usuários”, frisou.

Diante do exposto, Carlos Melo citou as medidas adotadas pela secretaria. “A fim de suprir a demanda pelo transporte intermunicipal de passageiros, a Sedurb disponibilizou a frota reserva para substituir os ônibus que deixaram de circular por conta de todos esses problemas citados, atendendo os usuários dos municípios de Itaporanga D’ajuda, Laranjeiras, Maruim, Riachuelo e São Cristóvão, o que vem sendo elogiado pelos passageiros. Em tempo, estamos estudando a introdução de veículos zero quilômetro para operar nestes municípios, bem como intensificaremos a fiscalização de todos os veículos que realizam o transporte intermunicipal. No entanto, convém frisar que a Sedurb não retirou a empresa São Pedro do transporte intermunicipal de passageiros”, enfatizou.

Ascom ASN

Nenhum comentário:

Postar um comentário