terça-feira, 28 de abril de 2015

Mercedes-Benz cancela 500 demissões e greve acaba


A Mercedes-Benz cancelou nesta segunda-feira, dia 27 de abril de 2015, as 500 demissões programadas para 04 de maio na principal planta da montadora, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, que fabrica toda a linha de ônibus e parte dos modelos de caminhões, além de fazer peças.

Com a decisão da empresa, a greve dos metalúrgicos foi encerrada pelo sindicato da categoria.
Em contrapartida, a fabricante prorrogou o layoff (suspensão do contrato de trabalho) para 15 de junho. Estes 500 funcionários que seriam cortados faziam parte do último grupo de 715 trabalhadores que estava em layoff. Também foi estendido para 15 de junho o PDV – Programa de Demissão Voluntária.

A Mercedes-Benz, que emprega 10 mil e 500 pessoas em São Bernardo do Campo, diz que possui 1 mil e 400 funcionários excedentes e está com 40% da capacidade de produção ociosa.
O fato se dá, de acordo com a empresa, devido à queda nas vendas e produção de ônibus e caminhões, motivada pelo quadro econômico do país, com pouco crescimento, inflação e temor do empresariado em investir. Ônibus e caminhões não são veículos comuns, são bens de capital e refletem o nível de investimento e aquecimento econômico.
Neste ano, as montadoras de veículos demitiram 3 mil 600 pessoas, a maioria por PDV. No ano passado, foram 12 mil e 500 cortes.
O setor de autopeças demitiu em 2014, 25 mil pessoas e planeja outros 17 cortes neste ano.
No dia 18 de maio, Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e a Mercedes-Benz fazem nova rodada de negociação para definir o futuro dos trabalhadores em layoff.

Fonte: http://onibusbrasil.com/blog/2015/04/28/mercedes-benz-cancela-500-demissoes-e-greve-acaba/

Materia:

Nenhum comentário:

Postar um comentário