segunda-feira, 23 de outubro de 2017

COLUNA DO KBÇA: "TRANSPORTE METROPOLITANO ou INTERMUNICIPAL? O que se deve fazer?"

Boa noite a todos. 


Sim, a partir de agora, nossa coluna estará disponível em nosso sítio eletrônico recheado de informações, debates e o que mais adoramos fazer... a crítica ácida, incisiva, buscando sempre a melhoria daquilo que mais gostamos do nosso hobby: o ÔNIBUS.


O ano de 2017 está quase em seu apogeu, clímax (ou "fim de temporada" para os amantes de séries), e diante de inúmeras possibilidades de nós cidadãos de se deslocarem, o poder público - como agente regulador do sistema de transporte - parece ter parado no tempo.

Vivemos tempos de Uber, 99pop e outros apps que cada vez mais encurtam distâncias. Além disso, muitas obras estruturantes aproximaram ainda mais cidades populosas como Itaporanga D'ajuda (que é ligada diretamente à Aracaju pela ponte Joel Silveira), Itabaiana/ Maruim/ Laranjeiras que dispõem de nova entrada para a capital sergipana através da rodovia Lauro Porto (que é ligada diretamente a avenida Santa Gleide no trecho do conjunto Bugio e São Carlos), então a pergunta que não quer calar: Quando cidades como Maruim, Laranjeiras e Itaporanga serão devidamente integradas ao sistema de ônibus da Grande Aracaju?



Atualmente, o transporte dessas cidades para a capital é feita por cooperativas de micro-ônibus e táxis que apenas têm permissão de trazer passageiros. O problema é que a tarifa para os usuários cobrada atualmente é cara para quem usa diariamente o transporte. A AGRESE, órgão criado pelo governo do estado para gerir esse setor, praticamente não mostrou nenhum serviço, deixando "as coisas acontecerem ao acaso do destino", e as administrações municipais tampouco dão a devida importância a questão.

Por serem cidades próximas com grande demanda para a capital, já se deveria pensar futuramente numa licitação conjunta da grande Aracaju com essas cidades visando mais comodidade para os usuários, então o que falta para isso acontecer? Vontade política? SIM. Os tempos são outros, vivemos em plena era digital. Sergipe Del'Rey precisa sair de seu marasmo histórico.

Sergipe é um estado pequeno, e como tal, deveria ser modelo de gestão dotada de iniciativas inovadoras, mas desde sempre (ouso assim dizer), dorme "no ponto" esperando que divindades resolvam todos os problemas do estado com mágica. NÃO!!! Assim, só chegaremos a um lugar... o fundo do poço.

Ou o poder público começa a tratar mobilidade urbana com a importância devida, ou voltaremos aos tempos de escambo no transporte... com aquele jeitinho brasileiro que só piora o que já ruim! Ônibus de qualidade como solução de mobilidade urbana, e como política de garantia de direitos fundamentais de ir e vir é a saída para aproximar lugares e pessoas. Pensem nisso senhores gestores!

Se você gostou da coluna, aguarde mais postagens. Nos envie alguma sugestão de pauta, e venha debater conosco. Juntos somos mais. Obrigado pela atenção, e até a próxima!

Urban Matos
EDITOR DA COLUNA.


Um comentário:

  1. E poderia até integrar essas cidades como Laranjeiras e Maruim com Socorro por exemplo já que é uma cidade grande e conheço muita gente dessas que trabalham em Socorro e perde muito tempo porque tem que se deslocar pra Aracaju pra depois ir pra os bairros de Socorro como João Alves, Marcos Freire sendo que se tivesse o sistema integrado poderia ir pela rodovia da indústria onde o usuário teria um tempo de viajem muito menor.

    ResponderExcluir