sexta-feira, 3 de novembro de 2017

A revolução também está chegando ao setor de transporte rodoviário

O Brasil historicamente, sempre foi um país que dependeu muito de suas estradas para atender várias demandas, entre as quais, estão o transporte de cargas, e o de passageiros. Muitas empresas ativas que operam no setor de transportes intermunicipal e interestadual prestam valorosos serviços a seus clientes a décadas, e muitos investimentos foram feitos no setor de modo a agregar mais usuários e, consequentemente, fidelizá-los. 

Vultuosos investimentos foram feitos pelos empresários para grandes renovações de frota pelo país - como por exemplo, a que a Viação Águia Dourada fez e o BUSergipe destacou esta semana em nosso site, como você pode conferir - além da diversificação de serviços como transporte de cargas e fretamento turístico. Entretanto, essa mesma tradicionalidade dos serviços prestados trouxe muito consigo historicamente a mesma forma para a aquisição de passagens, onde os usuários quando desejam viajar, precisam se deslocar até o guichê das empresas para adquirir seu bilhete de embarque.

Só no último ano, segundo o portal EXAME, do grupo abril, destacou que 93 milhões de passageiros se deslocaram pelas rodoviárias brasileiras em 2016, e de olho nessa enorme gama de clientes dispostos a pegar as estradas usando o ônibus, as StartUps do setor (que existem desde 2013), passaram a desenvolver aplicativos que visavam concentrar em seus sítios virtuais a venda de passagens on-line de diversas empresas, mas que inicialmente não eram bem vistas pelos empresários do setor.

Mas, o que são essas StartUps que surgem com força em diversos setores da economia brasileira? uma startup é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, trabalhando em condições de extrema incerteza. (conceito do portal exame

Atualmente, as 2 maiores StartUps do setor são a ClickBUS e Guichê Virtual, e hoje, elas vendem passagens de diversos grupos rodoviários brasileiros, e facilitam muito a vida do usuário. As inovações vêm para ficar, e como tal, trazem consigo melhorias importantes para o setor e consequentemente, maior competitividade com outros modais de transporte, entre os quais, o setor aéreo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário